sexta-feira, agosto 14, 2009

à espera de alguém (XLV)

1 comentário:

Marta Vasil disse...

Muito boa!
O título sugere-me raízes do tempo, raízes dos afectos e dos apegos.